covid-19 arrow-options
shutterstock
Detentos que estavam na cela do infectado estão sendo testados para o Covid-19

O sistema penitenciário do Distrito Federal registrou o primeiro caso de preso com coronavírus e também já contabiliza dez agentes penitenciários com diagnóstico positivo para o Covid-19 .

Leia mais: Após morte de enfermeira por Covid-19, funcionários não querem atuar em UTIs de Goiás

O detento, cuja identidade não foi divulgada, cumpre pena no Centro de Detenção Provisória (CDP) da Papuda e apresenta sintomas leves da doença. Segundo a Subsecretaria do Sistema Penitenciário ( Sesipe ), o resultado do teste dele foi recebido na noite desta quarta-feira e, em seguida, ele foi imediatamente transferido para outro bloco de modo a ficar isolado.

"Os outros internos da cela em que ele fazia parte também estão sendo monitorados e foram isolados dos demais apenados do CDP. Todos os internos da cela estão sendo testados. O banho de sol deles é feito separadamente. A cela está sendo higienizada diversas vezes ao dia, com o uso de Hipoclorito de Sódio, componente da água sanitária", informou, em nota, a Secretaria de Segurança Pública do DF.

Segundo a Sesipe, todos os idosos que cumprem pena de prisão no sistema penitenciário do DF foram transferidos para uma ala isolada dentro do CDP, para não terem contato com os demais detentos.

Em relação aos dez agentes penitenciários , que atuavam em três diferentes unidades do sistema prisional do DF, a Sesipe afirma que foram direcionados para isolamento em suas residências.

A Secretaria de Segurança afirma que adotou medidas para coibir o contágio e a disseminação do coronavírus no sistema penitenciário, como a suspensão das visitas, redução das transferências dos presos e aplicação de uma quarentena de 14 dias para presos recém-chegados.

Até agora há poucos casos de presos com coronavírus. Ontem, o Ministério da Justiça anunciou que o primeiro caso havia sido detectado no Pará. Também houve registro de uma ocorrência no Ceará.

Leia também: Homem é preso em flagrante por manter esquema de "disque-drogas" no Rio

Desde o início da pandemia , as autoridades do sistema de Justiça tem manifestado preocupação com a possibilidade de o vírus se disseminar no sistema penitenciário. O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) chegou a publicar uma recomendação para que os juízes de execução penal reavaliassem a necessidade de prisão de pessoas que estão no grupo de risco para o Covid-19.

    Veja Também

      Mostrar mais