cestas
Divulgação
Ação de arrecadação das cestas básicas

O Instituto Êxito de Empreendedorismo, instituição sem fins lucrativos, distribuiu as primeiras cestas básicas da ação social Êxito Solidário, que visa ajudar famílias de empreendedores que tiveram as rendas atingidas pela pandemia de Covid-19.

A iniciativa começou na última sexta-feira (3), e - de acordo com a instituição -  já arrecadou mais de 1.600 cestas, que seguem para famílias assistidas pelos projetos apoiados pela Fundação Amor Horizontal, de São Paulo; pelo projeto Transforma Brasil, que tem abrangência nacional; e pela Ação Social Trade Turístico de Porto de Galinhas, em Ipojuca, Pernambuco. 

Leia mais: São Paulo tem 65% dos leitos para pacientes com Covid-19 ocupados

Além dos micro e pequenos empreendedores, profissionais informais que sofreram danos pelo isolamento social também estão inseridos na ação. “A quarentena é necessária, todos que podem devem ficar em casa. No entanto, essa paralisação tem um forte impacto na renda das famílias, principalmente as mais pobres. É por isso que realizamos essa campanha, para que os trabalhadores mais afetados pela crise tenham, ao menos, o básico: comida na mesa”, reforça o presidente do Instituto Êxito, Janguiê Diniz.

As primeiras instituições beneficiadas foram a Creche Bela Vista, que atende uma média de 200 crianças da região central de São Paulo, e o Grupo de Assistência ao Tratamento e Hospedagem Infantil (Grathi), casa de apoio localizada na Zona Sul da capital paulista, que recebe mães com seus filhos, de todo o Brasil, para fazerem tratamento médico pelo SUS

A campanha Êxito Solidário busca arrecadar 50 mil cestas básicas por meio de doações que podem ser feitas no site www.institutoexito.com.br/doacoes . No endereço, o doador escolhe com quantas cestas quer contribuir – cada kit custa R$ 50 – e realiza o pagamento online, por meio de cartão de crédito ou boleto bancário.

    Veja Também

      Mostrar mais