militar de 46 anos morreu por covid-19
Arquivo pessoal
Sargento Garcia tinha 46 anos e foi primeira morte militar por covid-19 em SP

A sargento Magali Garcia, da Polícia Militar (PM) de São Paulo, morreu na última segunda-feira (30) por covid-19 . Segundo a PM, esta é a primeira morte de policial militar no estado por causa da doença.

Garcia tinha 46 anos e trabalhava no Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) na capital. Com pneumonia, ela foi hospitalizada  no dia 27, segundo nota da PM no Hospital da PM, na Zona Norte, onde acabou entubada e internada na Unidade de Terapia Intensiva ( UTI ).

De acordo com o tenente-coronel Emerson Massera, porta-voz PM no estado de São Paulo, a sargento Magali, que era ex-fumante , não resistiu e morreu em razão da doença.

Leia:  SP cria canal de informações sobre covid-19 via WhatsApp

"A corporação segue rigorosamente as orientações do Comitê de Contingência do Coronavírus e ressalta que todo policial com suspeita ou diagnóstico da doença é imediatamente afastado das funções e acompanhado por profissionais de saúde", diz a nota.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários