Crivella defendeu que jovens trabalhem normalmente e adquiram imunidade
Jorge William/Agência O Globo
Crivella defendeu que jovens trabalhem normalmente e adquiram imunidade

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, defendeu a imunização natural da população mais jovem contra o coronavírus. Em entrevista coletiva virtual realizada na manhã deste domingo (29), após reunião do comitê de crise, ele demonstrou preocupação especial com idosos de comunidades carentes, mas afirmou que os serviços devem funcionar para que, aos poucos, os trabalhadores fora do grupo de risco tenham contato com o vírus antes da criação de uma vacina.

Leia também:  Total ou vertical? Tipo de isolamento pode gerar 12x mais mortes, diz estudo

"Idosos nas comunidades são nossa maior preocupação. Principalmente os que têm comorbidades. Mas para protegê-las, é preciso que a população, aos poucos se torne imune. Para isso, não temos vacina, então, é preciso que os jovens continuem trabalhando. Jovens da construção civil e dos serviços podem continuar trabalhando", defendeu Crivella .

O prefeito alegou, ainda, que serviços e indústria devem continuar funcionando normalmente. Ele afirma que, até o momento, não há indicação de isolamento horizontal total. "Não há nenhuma indicação, até o momento, de fazer lockdown".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários