Agência Brasil

Distrito Federal registrou sua primeira morte pelo novo coronavírus
shutterstock
Distrito Federal registrou sua primeira morte pelo novo coronavírus

O Governo do Distrito Federal (GDF) confirmou a primeira morte pelo novo coronavírus no DF. A vítima, um homem de 46 anos, morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Sobradinho. Ele tinha hipertensão e diabetes.

Leia também: Espanha bate recorde e registra 832 mortes em 24 horas; casos chegam a 72 mil

Segundo o governo, 242 pessoas estão contaminadas com a Covid-19 no Distrito Federal. Dessas, 31 estão enquadradas em risco médio de complicações, considerando a idade (51 a 59 anos), e outras 27, com 60 anos ou mais, são tratadas como risco alto. Ainda de acordo com o governo local, nove pacientes estão com infecções graves e outras 9 com infecções críticas.

As outras 183 pessoas são consideradas de risco baixo . Adultos entre 31 e 40 anos são os mais contaminados no DF; 79 pessoas até agora.

Nacionalmente, o número de mortes chegou a 92, com 3,4 mil casos confirmados. A taxa de letalidade chegou ao máximo da semana, ficando em 2,7%. Os números diários do Ministério da Saúde , no entanto, tendem a desatualizar muito rápido, uma vez que a pasta recebe as informações das secretarias estaduais e só então divulga os dados nacionais para a imprensa. Enquanto isso, as próprias secretarias também divulgam seus dados cada uma a seu tempo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários