periferia coronavírus
Reprodução/Facebook
Pessoas que moram nas periferias tem condições mais vuneráveis

A Prefeitura de São Paulo enviou nesta segunda-feira (23) 50 caminhões equipados com aparelhos de som para percorrer as periferias da capital paulista e alertas as pessoas que vivem em mais vulnerabilidade da importância de ficar em casa para evitar a contaminação por coronavírus.

Leia também: Coronavírus no Brasil: acompanhe a situação no País em tempo real

Nos últimos dias, a operação já era realizada, mas o número de caminhões quase dobraram nesta segunda: antes eram 26 veículos. Mas mesmo com o aumento do número de carros, o número de pessoas nas ruas das periferias ainda era grande.

A partir desta terça-feira (26) passa a valer os 15 dias de quarentena em todo o estado de São Paulo , medida decretada pelo governador João Doria (PSDB). Apenas devem abrir estabelecimentos essenciais e só deve sair de casa quem realmente precisar. 

Doria afirmou que também tomará providências para evitar a realização de bailes funks nas periferias do estado. A aglomeração de pessoas, em um evento como esse, pode aumentar as chances de contágio do coronavírus .

Leia também: Profissionais de enfermagem são agredidos a caminho do trabalho em São Paulo

Os caminhões de som enviados às periferias são uma maneira de informar as pessoas de baixa renda que muitas vezes não têm acesso a notícias – por não terem televisão ou internet – da importância de ficar em casa neste momento tão crítico à saúde pública.


    Leia tudo sobre: casa

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários