plantação
shutterstock
Trabalhadores do campo garantem abastecimento

Um vídeo compartilhado nas redes sociais mostra diferentes áreas do agronegócio trabalhando durante a crise do coronavírus . A publicação, que conta com agricultores, operários e até caminhoneiros, tem o objetivo de acalmar a sociedade quanto ao abastecimento de alimentos.

“Estamos trabalhando 24 horas por dia, mesmo com o coronavírus, para que não falte alimento na sua mesa”, diz o vídeo, que corta a mesma fala entre os vários trabalhadores que participaram da ação. “Logo, logo, isso vai passar. Até lá, fiquem em casa por nós, que estamos trabalhando para abastecer a nação”, reforça o vídeo. 

Leia mais: Cruz vermelha discute prevenção do coronavírus no sistema prisional

Na semana passada, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil ( CNA ), emitiu uma nota assegurando que a cadeia de produção e comercialização dos alimentos deve seguir sem alterações, sobretudo considerando o momento de grande necessidade da população.

No mesmo dia, a ministra Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, afirmou que “o coronavírus não afetará no abastecimento de alimentos que vai para a mesa do povo”, reforçando que “o Brasil é um grande celeiro, produtor de alimentos, e não precisamos ter nenhuma  expectativa negativa”.

Neste sábado, Tereza Cristina voltou a falar sobre o assunto em um vídeo publicado no Twitter, no qual reconheceu o momento difícil, mas afirmou que “além de grande produtor de grãos e proteína, o Brasil terá nesta temporada a maior safra da história”.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários