Governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel
Rogério Santana
Governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel

O governo do Rio suspendeu a realização de consultas ambulatoriais de caráter eletivo (não emergencial) por tempo indeterminado nas unidades de saúde pública, privada e universitárias.

As exceções são as consultas em cardiologia, oncologia, pré-natal e psicologi a, pois são pacientes que se não forem atendidos podem ter o estado de saúde agravado. Da mesma forma, aqueles que precisam receber medicamentos de uso contínuo ou ser vacinados.

Leia também: Coronavírus: Madrid teve uma morte a cada 16 minutos na segunda-feira

Você viu?

As medidas constam de uma resolução divulgada nesta quinta-feira pela Secretaria estadual de Saúde como forma de preparar as unidades para atender as vítimas da pandemia de coronavírus.

A realização de exames pelo Rio Imagem também fica suspensa por tempo indeterminado, exceto para pacientes de oncologia, imunodeprimidos e em situações de emergência.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários