Hospital Albert Einstein
Divulgação/Hospital Israelita Albert Einstein
Hospital Albert Einsten emitiu nota alertando para o golpe.

Um grupo de ladrões está se aproveitando da pandemia do coronavírus para aplicar golpes na cidade de São Paulo. De acordo com o Hospital Albert Einstein ,  os criminosos fingem ser funcionários da instituição e oferecem a aplicação domiciliar de testes de Covid-19 para conseguirem assaltar as residências.

Leia também: Governo federal  manda fechar  fronteiras com oito países da América do Sul

O grupo teria divulgado um número falso na internet oferecendo, em nome do hospital, a realização de exames residenciais para detectar o coronavírus . O agendamento era feito via Whatsapp e, quando chegavam nas residências, os ladrões anunciavam o assalto. Após receber relatos da ação dos criminosos, o hospital emitiu uma nota alertando para os golpes.

A instituição disse ainda que todos os funcionários do hospital que realizam atendimento domiciliar atuam devidamente uniformizados e identificados e que o agendamento não é feito por aplicativos de mensagem. Confira a nota:

Até o momento, o Ministério da Saúde confirmou 428 casos de Covid-19 no Brasil, sendo 240 deles no estado de São Paulo. Até o momento, o governo confirmou seis mortes causadas pelo coronavírus, quatro delas em São Paulo.

    Veja Também

      Mostrar mais