Equipe médica está acompanhando caso da mulher de 52 anos em estado grave
Agência Brasil / Arquivo
Equipe médica está acompanhando caso da mulher de 52 anos em estado grave

O quadro clínico da primeira pessoa infectada pelo novo coronavírus no Distrito Federal piorou nesta quarta-feira. A mulher de 52 anos está em estado grave, em coma induzido, respirando por aparelhos. A informação é do boletim médico divulgado pela secretaria de Saúde do DF no fim da manhã desta quarta-feira.

Leia mais: Após vídeo convocando manifestações, Bolsonaro nega que incentivou protestos

Segundo a nota, apesar da função renal preservada, ela apresenta síndrome respiratória aguda severa, além de comorbidades — presença de duas ou mais doenças relacionadas no mesmo paciente — que agravam o quadro clínico. O boletim afirma ainda que "a paciente está sob cuidados intensivos da equipe multidisciplinar e todo suporte técnico-científico".

O marido da paciente, também diagnosticado com a Covid-19  mas sem os sintomas, visitava a mulher no Hospital Regional da Asa Norte (Hran), onde ela está internada. Ele foi obrigado pela Justiça a fazer exames e ficar em isolamento. Na segunda-feira, ele entrou na Justiça pedindo autorização para visitá-la. Ele tambpem solicitou a liberação do isolamento domiciliar a partir do próximo domingo (22).

Leia também: "Não dormimos há 3 dias", diz dono de funerária após casos de Covid-19 na Itália

A paciente, que chegou de viagem a Europa em 26 de fevereiro, está internada no hospital público de referência para o vírus em Brasília, o Hospital Regional da Asa Norte (HRAN). Segundo dados do Ministério da Saúde, há 291 casos confirmados do novo coronavírus no Brasil. No DF, a secretaria de Saúide informa que são 34 confirmados e 191 suspeitos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários