Doria coronavírus arrow-options
Reprodução/Twitter
Governador de São Paulo, João Doria

O governador de São Paulo, João Doria, afirmou nesta sexta-feira (13) que "neste momento não há nenhuma razão para pânico em São Paulo". Ele disse estar "absolutamente convicto" de que não há necessidade para cancelamento de aulas e eventos devido ao coronavírus.

Leia também: Ministério da Saúde pede ajuda a hospitais privados para lidar com coronavírus

Segundo Doria , "qualquer atitude impacta na vida das pessoas, no sentimento das pessoas, na capacidade de manter ou não o emprego das pessoas". "Nós não vamos ter atitudes temerárias que impactem em desemprego", completou.

Ele reforçou que todas as medidas adotadas pelo governo são baseadas em opiniões de especialistas. "Eu não sou governador para tomar atitudes inspiracionais em termos de saúde . A informação até este presente momento é que a nossa atitude é a correta para a situação atual. Nós nos fundamentamos em fatos".

Leia também: "A gente não perde tempo com fofoca", diz Doria em alusão à família Bolsonaro

Doria não descartou a possibilidade de que medidas mais drásticas para o coronavírus sejam tomadas no futuro, mas lamentou que instituições independentes, públicas e privadas, já estejam adiando ou cancelando atividades.

    Veja Também

      Mostrar mais