Romeu Zema
Gil Leonardi / Imprensa MG
Romeu Zema, governador de Minas Gerais

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), afirmou nesta quarta-feira (11) que a opressão contra a mulher é “meio que como um instinto natural do ser humano ”. Zema participava do evento de lançamento do MG Mulher, programa da Polícia Civil do estado de combate à violência doméstica.

”A questão da opressão contra a mulher está dentro desse contexto e ela extrapola classes sociais, mas nós temos de ter ferramentas que inibam, né, isso que a gente poderia chamar meio que instinto natural do ser humano”, disse o governador. Mesmo afirmando que é necessário criar ferramentas que inibam esse tipo de violência, Zema foi alvo de críticas nas redes sociais.

Leia também: Polícia resgata jovem de 13 anos que fugiu de casa para morar com traficante

Em resposta, o governo de Minas divulgou uma nota na qual afirma que  “ao dizer instinto natural do ser humano, o governador faz menção ao fato absurdo de o agressor enxergar a violência, seja física ou verbal, como algo natural”. O documento também explica que o governo “trata a violência contra a mulher como um crime, uma conduta covarde, abominável, que precisa ter uma punição exemplar”.

    Veja Também

      Mostrar mais