Passageiros em plataforma e metrô passando
Sergio Andrade/Governo do Estado de SP
Metrô de São Paulo não terá greve nesta quarta (4)

Depois de assembleia realizada nesta terça-feira (3), o Sindicato dos Metroviários de São Paulo decidiu cancelar a greve que estava marcada para está quarta na capital paulista.

A categoria decidiu continuar as negociações com a direitoria e aceitou uma "cláusula de paz" proposta pela Justiça do Trabalho de São Paulo à tarde. No entanto, os trabalhadores ainda devem marcar uma nova reunião nos próximos dias para discutiar outra data de paralisação .

O motivo da greve, segundo representantes dos metroviários, é que a companhia não cumpriu acordo fechado no ano passado, por meio de intervenção judicial, que garantia o pagamento da participação nos resultados no último dia 28 de fevereiro.

Com a decisão, todas as linhas continuarão funcionando normalmente, com excesão da linha 15 - Prata, que passa por problemas técnicos.

As linhas da Companhia de Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e as linhas 4 - Amarela e 5 - Lilás, que são privadas, também terão operação normal.

    Veja Também

      Mostrar mais