anel
Divulgação / Corpo de Bombeiros
Adolescente passou por dois hospitais que não conseguiram remover o anel

Um adolescente de 14 anos ficou com a aliança de compromisso da namorada presa ao dedo por duas horas enquanto estudava em uma escola localizada em Anápoli, a 55 km de Goiânia. O jovem disse que estava brincando com a aliança quando o objeto ficou preso. O Corpo de Bombeiros precisou cortar o anel ainda na mão do garoto.

Leia mais: Redução da maioridade penal pode aumentar criminalidade, diz Toffoli

O caso aconteceu na segunda-feira (2). A direção da escola entrou em contato com o pai do garoto, que buscou o adolescente na instituição. A mãe estava trabalhando no momento do incidente, mas foi ao encontro do filho na unidade de saúde

Após passar por dois hospitais sem conseguir retirar o anel do dedo, a mãe do adolescente entrou em contato com o Corpo de Bombeiros que conseguiu remover a aliança serrando-a.

Em entrevista a TV Globo, a mãe do garoto disse que agora só vai deixar o filho usar uma aliança quando for casar. "Nunca mais. Só quando ele estiver grande e for casar, mas um anel que sirva no dedo dele", contou.

Leia também: Pedreiros encontram bomba da 2° Guerra em canteiro de obras e tiram selfie

O adolescente contou que o incidente aconteceu quando a professora parou de explicar as tarefas de classe. "Ai eu deitei a cabeça na mesa, não tinha nada para fazer, eu estava brincando com a aliança quando ela ficou presa".

O estudante contou, ainda, que depois do susto não vai colocar o anel de novo no dedo "nem de brincadeira".

    Veja Também

      Mostrar mais