cassino
Divulgação / PF
Operação aconteceu nesta quinta-feira (27)

A Polícia Federal informou nesta quinta-feira (27) ter desmontado um cassino que funcionava dentro de um camarote corporativo na Marquês de Sapucaí. De acordo com a corporação, agentes apreenderam seis máquinas caça-níqueis, além de equipamentos e mesas "que supostamente indicam que o ambiente estaria sendo utilizado para jogos clandestinos".

Leia mais: Disparo de vídeo por Bolsonaro pode chegar ao Supremo, diz ministro do STF

O sócio-diretor da Incentivo Brasil, Alexis de Vaulx, responsável pelo camarote Mais Brasil, afirma que o camarote ofereceu uma experiência "estritamente lúdica e recreativa, sem envolvimento de dinheiro e respeitando a legislação vigente no Brasil".

A ação da PF aconteceu a partir de uma denúncia anônima e as investigações ficarão a cargo da Delegacia de Polícia Fazendária desta Superintendência. As máquinas apreendidas estavam em um ambiente com mais de 200m² decorado com o tema de cassino, no camarote que ocupa o setor 5 da Avenida.

De acordo com Alexis, os clientes recebiam fichas para brincar nas máquinas e nas mesas de jogos como poker e black jack, que eram comandadas por 18 crupiês. A estrutura foi montada pela empresa Casino Experience.

"Nosso projeto oferece um cassino na Sapucaí estritamente lúdico e recreativo, sem envolvimento nenhum de dinheiro. Contratamos a empresa Casino Experience, a mesma que montou o cassino do Bar Brahma no carnaval de São Paulo. Não é uma atividade ilícita porque não tem dinheiro nenhum envolvido justamente para atender à legislação. Você simplesmente brinca na frente de uma tela apertando um botão", diz o empresário.

Leia também: Tabata Amaral diz que partidos são barreira da renovação da democracia

Ainda segundo o sócio-diretor, alagumas máquinas foram apreendidas para terem a documentação verificada. "Eles levaram quatro máquinas para averiguar a documentação. Querem verificar as guias de importação da Casino Experience", explica.

    Veja Também

      Mostrar mais