Torneira
Agência Brasil/EBC
Segundo Proam, a água distribuída à população estaria contaminada por agrotóxicos.

O secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente de São Paulo, Marcos Penido, recebeu, na última quarta-feira (19), um pedido do Instituto Brasileiro de Proteção Ambiental (Proam) solicitando uma reunião para discutir a qualidade da água no Estado.

Leia também: Polícia resgata 17 pássaros silvestres de cativeiro no interior de São Paulo

De acordo com o Proam, a água que está sendo fornecida à população estaria contaminada por agrotóxicos provenientes da atividade agrícola. O instituto diz ainda que o assunto não está recebendo a devida atenção das autoridades estaduais.

A solicitação do Proam foi feita em caráter emergencial. O instituto pediu ainda para que o tema seja assunto de uma reunião com o Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema) para solicitar uma investigação e cobrar esclarecimentos do órgão.

O Consema ainda não se pronunciou sobre o assunto. Em princípio, não há qualquer aviso sobre o consumo de água pelos paulistas.

    Veja Também

      Mostrar mais