Jair Sena teve o pescoço cortado por linha chilena enquanto pilotava sua moto
Arquvio pessoal
Jair Sena teve o pescoço cortado por linha chilena enquanto pilotava sua moto


Um empresário de 42 anos ficou com um corte no pescoço feito por uma linha chilena no final da tarde da última sexta-feira, enquanto voltava do trabalho, na Rodovia Presidente Dutra , na altura de São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Jair Sena, morador de Nova Iguaçu, disse que o ferimento só não foi mais profundo porque ele estava com um óculos de sol na gola da camisa.

"Acho que a linha primeiro cortou o óculos para depois pegar no meu pescoço, porque eu estava a 90 km/h (de moto) e consegui levantar a linha com a mão", relatou ele, que é sócio de uma vidraçaria em Copacabana, na Zona Sul do Rio. "Para eu estar contando o que ocorreu só pode ter sido um milagre".

Apesar da situação ter lhe preocupado, Jair contou que não chegou a buscar atendimento médico."Até parou um motoqueiro que vinha atrás de longe e viu meu desespero daí ele parou me deu uma assistência, mas não o conheço", acrescentou.

Homem foi preso por comercializar linha chilena no Rio nesta segunda-feira

Um homem foi preso nesta segunda-feira em Marechal Hermes, na Zona Norte do Rio, por comercializar linha chilena . Agentes da Delegacia do Consumidor (Decon) encaminharam Jorge dos Santos Oliveira ao Sistema Prisional por crime contra a ordem econômia e relações de consumo.

Leia também: Balsas se chocam e causam pânico em passageiros no Maranhão

O uso da linha chilena em pipas já fizeram vítimas com ferimentos graves na cidade. O caso da menina Eloah , que teve uma perna amputada, estimulou a alteração da lei 8.478, que proíbe o perigoso item.

Dessa forma, desde o dia 19 de julho de 2019, quem for flagrado soltando pipa com linha chilena ou cerol tem que pagar uma multa de R$ 342,11. O novo texto, publicado no Diário Oficial, traz novas proibições e estipula multas para quem fabricar, vender, comprar, portar ou usar cerol ou linha chilena.

    Veja Também

      Mostrar mais