Brumadinho
Agência O Globo
Bombeiros encontram crânio em Brumadinho

Bombeiros encontraram na segunda-feira um crânio na região afetada pelo rompimento da barragem Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho (MG). Mais de um ano após a tragédia, que deixou 259 mortos e 11 desaprecidos, as buscas por corpos continuam sem prazo para acabar. O crânio apresenta arcada dentária superior parcialmente preservada, o que facilita a identificação, e foi encaminhado para a Polícia Civil.

Leia também: Homem de cueca é filmado pendurado em janela de prédio; assista

Com a previsão de volta das chuvas intensas na região metropolitana de Belo Horizonte nos próximos dias, a Agência Nacional de Mineração prorrogou o alerta para monitoramento reforçado das barragens na área. A intenção é evitar que outro acidente, como os que ocorreram em Mariana ou Brumadinho, ocorra. O estado de alerta foi estendido até a próxima segunda-feira, 10 de fevereiro.

Além de causar mortes e deixar milhares de moradores desabrigados, as chuvas fortes que atingiram Minas trouxeram à tona a lama contaminada que estava sedimentada no rios Doce e Paraobepa.  A recomendação é de monitoramento diário das barragens, como a de Brumadinho , e dos vertedouros.

    Veja Também

      Mostrar mais