IstoÉ

restaurante
Divulgação
Caso ocorreu na última terça-feira (28), por volta de 19h30

O chef de cozinha Dario Costa, dono do restaurante Madê Cozinha Autoral, em Santos, no litoral de São Paulo, afirmou, por meio das redes sociais, que ele e seus funcionários registraram um boletim de ocorrência contra um cliente que proferiu injúrias raciais durante atendimento no estabelecimento. 

Segundo Dario, o homem, identificado pelo chef apenas por “José”, utilizou termos como “pretinho” e “neguinho” para se referir aos atendentes do restaurante . O caso ocorreu na última terça-feira (28), por volta de 19h30. O homem, que aparentava ter mais de 50 anos, estava acompanhado da esposa e do neto.

Leia também: Conheça o parque de São Paulo que é oito vezes maior que o Ibirapuera

O proprietário do Madê relata que logo no início o cliente foi grosseiro com os funcionários e pediu para não ser atendido por uma mulher. Em seguida, ele passou a proferir palavras de injúria racial sempre que solicitava um serviço aos atendentes. Dario relata ainda que os demais clientes do restaurante se sentiram incomodados com a situação.

De acordo com o chef, um dos clientes chegou a intervir na situação para que não houvesse nenhum tipo de agressão física. Depois que o homem e a família pediram a conta e foram embora, o cliente passou a ligar para o restaurante e chamou Dario de “idiota e que ter muitos negros na equipe iria arruinar o restaurante”.

Após o ocorrido, Dario explicou o caso a seu advogado, que o orientou a comparecer a uma delegacia com os demais funcionários para registrar um boletim de ocorrência. O boletim foi registrado na quarta-feira (29). A Polícia Civil vai investigar o caso.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários