IstoÉ

Capivaras arrow-options
Pixabay
Capivaras atacaram mulher e cachorro em Santa Catarina

Uma mulher ficou ferida e o cachorro dela morreu após serem atacados por capivaras em Balneário Camboriú, em Santa Catarina , no último domingo. A tutora Marcella Rebello Cozer passeava com o cão Pitu, e filhote dele, quando foram surpreendidos por um grupo de capivaras. As informações são do jornal NSC Total.

Leia mais: Passa de 3 mil o número de desalojados pelas chuvas no Espírito Santo

O incidente ocorreu à margem do Rio Marambaia, quando os animais cercaram e atacaram Pitu. Na tentativa de socorrer o cãozinho, Marcella também foi mordida pelas capivaras. O cachorro foi levado para o veterinário, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na terça-feira (21).

Já Marcela está em observação, fazendo o ciclo de vacinas antirrábicas, para prevenir a raiva. Ela levou mais de 20 pontos na perna. A tutora contou que tinha o hábitos de soltar os pets naquela região há 7 anos. Ele relata que percebeu o ataque após ouvir Pitu rosnar.

A secretária de Meio Ambiente de Balneário Camboriú, Maria Heloíza Lenzi, afirma que o ataque é um caso isolado. Ela recomenda ainda que, em áreas próximas aos rios, onde é comum a presença de capivaras, os tutores evitem deixar os animais de estimação soltos.

Leia também: Com chuvas, agência alerta responsáveis por barragens de mineração

Em nota, o Instituto do Meio Ambiente (IMA) informou que vai discutir a situação das capivaras este ano com outras instituições, inclusive órgãos municipais e iniciativa privada.

    Veja Também

      Mostrar mais