IstoÉ

pessoas em alagamento arrow-options
Assessoria de Comunicação do Governo/Divulgação/ Direitos Reservados
Fortes chuvas atingem o estado de ES

Um boletim divulgado pela Defesa Civil estadual aponta que cerca de 1.625 pessoas estão fora de casa no Espírito Santo, devido à chuva que atingiu a região Sul do estado na última sexta-feira (17). Até o momento são seis mortes confirmadas e algumas pessoas continuam desaparecidas. Os locais mais afetados são Iconha, Alfredo Chaves, Vargem Alta, Anchieta e Rio Novo do Sul.

Municípios mais atingidos

Segundo dados fornecidos pela Defesa Civil, os municípios de Alfredo Chaves e Vargem Alta correspondem a quase 90% dos desalojados e quase 95% dos desabrigados.

Leia também: Chuvas deixam ao menos cinco mortos no Espírito Santo

Na cidade de Iconha, o cenário também é ruim, o local foi o mais atingido pela chuva. A água atingiu níveis altos, destruindo casas, carros e eletrodomésticos. O nível do rio subiu cerca de cinco metros, o que causou uma forte enxurrada e pânico nos moradores da região.

Previsão de mais chuva

Chuva acima da média, com raios e chance de rajadas de vento, esta é a previsão, de acordo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), que emitiu um alerta para mais de 60 municípios do Espírito Santo. Iconha, Vargem Alta e Alfredo Chaves, três das cidades mais afetadas, estão entre os municípios que receberam o alerta.

Poder Público

Pelo menos quatro municípios do Sul do estados estão em situação de calamidade pública: Iconha, Alfredo Chaves, Vargem Alta e Rio Novo do Sul. O decreto foi emitido pelo governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB). Outras medidas de proteção sanitária e reconstrução das cidades serão tomadas, segundo o governador.

    Veja Também

      Mostrar mais