O jornalista Glenn Greenwald
Aloisio Mauricio/Fotoarena/Agência O Globo - 27.8.19
O jornalista Glenn Greenwald

A defesa do jornalista Glenn Greenwald chamou de "expediente tosco" a denúncia apresentada nesta terça (21) pelo Ministério Público Federal (MPF). Em nota publicada no Blog do Fausto Macedo, o advogado Rafael Borges afirmou que o MPF quer "desrespeitar a autoridade da medida cautelar", que foi concedida pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), em defesa de Greenwald.

Leia também: Homem mata a esposa, os três filhos e o cachorro e 'esconde' corpos por 15 dias

"Recebemos com perplexidade a informação de que há uma denúncia contra o jornalista Glenn Greenwald, cofundador do The Intercept. Trata-se de um expediente tosco que visa desrespeitar a autoridade da medida cautelar concedida na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) nº 601, do Supremo Tribunal Federal, para além de ferir a liberdade de imprensa e servir como instrumento de disputa política", diz o texto divulgado no Blog.

De acordo com Borges, a medida tem como objetivo "depreciar o trabalho jornalístico de divulgação de mensagens realizado pela equipe do The Intercept Brasil em parceria com outros veículos da mídia nacional e estrangeira". Greenwald foi denunciado por divulgar mensagens supostamente trocadas entre o então juiz federal e atual ministro da Justiça Sergio Moro e membros do MPF. Em comunicado enviado à Folha de S.Paulo , o jornalista ressaltou que a decisão do Ministério Público "é uma tentativa óbvia de atacar a imprensa livre em retaliação pelas revelações que relatamos sobre o ministro Moro e o governo Bolsonaro".

Leia também: Jovem morre afogada em cachoeira após tirar selfie com amiga

"Não seremos intimidados por essas tentativas tirânicas de silenciar jornalistas. Estou trabalhando agora com novos relatórios e continuarei a fazer meu trabalho jornalístico.
Muitos brasileiros corajosos sacrificaram sua liberdade e até sua vida pela democracia brasileira, e sinto a obrigação de continuar esse nobre trabalho", afirmou à publicação.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários