Tamanho do texto

Ajudante de motorista de 49 anos agrediu funcionário no mezanino da estação. Vítima foi encaminhada à Santa Casa e passou por uma cirurgia

Estação Barra Funda arrow-options
Reprodução
Estação Barra Funda

Um funcionário da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) foi esfaqueado na manhã desta terça-feira (14), por volta das 7h, por um ajudante de motorista de 49 anos. A agressão ocorreu no mezanino da estação Palmeiras-Barra Funda da linha 3-vermelha do metrô , em São Paulo. Por conta do ferimento, a vítima, que era segurança, foi encaminhada à Santa Casa de São Paulo e precisou passar por uma cirurgia, mas a situação é estável.

Leia também: Mulher grita com religiosa que pregava em metrô: "Quero escutar Beatles!"; veja

Segundo informações da CPTM, o ajudante de motorista tentou subir pela escada fixa destinada apenas para descida de passageiros, causando tumulto e discussão entre os demais usuários. Ao ser contido por dois seguranças, o homem sacou uma faca e atingiu um deles no pescoço.

Faca usada contra segurança da CPTM arrow-options
Divulgação/Polícia Civil
Faca usada contra segurança da CPTM

O passageiro foi preso em flagrante por policiais militares e foi encaminhado para a Delegacia do Metrô. Ele foi autuado por tentativa de homicídio, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP).

O delegado Marcelo Monteiro, Delpom (Delegacia do Metropolitano), disse que, em depoimento, o ajudante afirmou que saiu do trabalho por volta das 5h e que foi beber em um bar próximo à estação. Após cerca de duas horas ele teria ido para a Barra Funda .

Leia também: Crianças pegam “carona” penduradas em vagão de metrô; assista

"Quando o suspeito foi entrevistado, ele estava com certa confusão mental, alegando que havia bebido muito antes de ir para a estação", afirmou Monteiro.