Agência Brasil

Amazônia
Agência Espacial Europeia
Incêndios que devastaram a Amazônia foram os principais destaques do mês de agosto

Em agosto, dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelaram que a estimativa da população do Brasil passa de 210 milhões.

O empresário EIke Batista foi preso novamente durante a Operação Segredo de Midas, um desdobramento da Lava Jato, no Rio de Janeiro.

Leia também: CNJ cria grupo para estudar instituição do juiz de garantias

O presidente Jair Bolsonaro assinou decreto que incentiva servidor ao trabalho voluntário. O governo também lançou projeto para estimular empreendedorismo nos jovens.

Sarampo

Com 2,3 mil casos confirmados de sarampo, no período entre junho e agosto, o Brasil vive um surto da doença. O epicentro da epidemia está localizado no estado de São Paulo, onde foram confirmados uma morte e 2.299 casos – 98% do total.

Incêndio na Amazônia

A Operação Verde Brasil reuniu várias entidades para combater os incêndios na Amazônia Legal. O presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) que permite a atuação das Forças Armadas no combate ao incêndio. A medida vale para áreas de fronteira, terras indígenas, em unidades federais de conservação ambiental e outras áreas da Amazônia Legal.

Liberdade Econômica

A Medida Provisória (MP) da Liberdade Econômica foi aprovada no Senado. Segundo o governo, a MP pretende diminuir a burocracia e facilitar a abertura de empresas, principalmente de micro e pequeno porte.

Jogos Pan-Americanos

O Brasil teve a melhor atuação em Jogos Pan-Americanos. Em Lima, no Peru, o Time Brasil conquistou 171 medalhas e garantiu o país no 2º lugar do quadro geral de medalhas, com 55 de ouro, 45 de prata e 71 de bronze.

Oscar

O filme A Vida Invisível, do diretor Karim AÏnouz, desbancou outros 11 filmes e foi escolhido para representar o Brasil na corrida ao Oscar. O anúncio foi feito pela Academia Brasileira de Cinema. O filme vai concorrer a uma vaga entre os cinco indicados ao Oscar de melhor filme estrangeiro em 2020.

Mortes

A escritora, roteirista, apresentadora e atriz Fernanda Young morreu aos 49 anos, em Gonçalves, Minas Gerais. Fernanda Young escreveu séries famosas, como Os Normais, apresentou programas no canal GNT e escreveu livros.

O ex-presidente do Vasco da Gama, Antônio Soares Calçada, morreu aos 96 anos, no Rio de Janeiro, vítima de complicações causadas por uma infecção abdominal. Mandatário que ficou mais tempo à frente do clube por 18 anos. Sob sua presidência, o Vasco foi tricampeão brasileiro (1989, 1997 e 2000), campeão da Copa Libertadores (1998) e de uma Copa Mercosul (2000), além de seis campeonatos estaduais.

A escritora americana Toni Morrison, primeira negra a ganhar o Nobel de Literatura, morreu aos 88 anos, em Nova York. Ela é a autora dos livros O Olho mais Azul (1970), Sula (1973), Canção de Salomão (1977), Tar Baby (1981) e Amada (1987), todos eles dando voz a personagens negras e evocando questões relacionadas ao racismo, segregação e minorias.

Em São Paulo, o ex-ministro da Indústria e Comércio Roberto Gusmão morreu aos 96 anos, de causas naturais. Mineiro de Belo Horizonte, Gusmão foi ministro de 1985 a 1986.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários