morador de rua
Arquivo/ José Cruz / Agência Brasil
Crise da saúde do Rio de Janeiro tem afetado o atendimento.

Um morador de rua morreu no começo da manhã desta quinta-feira (19) na calçada da Coordenação de Emergência Regional (CER) do Centro, na Rua Frei Caneca. O corpo do homem foi retirado do local por volta de 12h40.

Leia mais: São Paulo tem mais pessoas morando na rua que população de 457 cidades paulistas

"Cheguei na loja às 6h30 e vi quando um enfermeiro e una enfermeira saíram com ele do CER numa cadeira de rodas e o colocaram na calçada. Ele ficou estava se debatendo de dor e vomitava um líquido preto. Quando sai de novo as 7h20, ele já estava morto", disse Ancelmo Gomes, comerciante de 42 anos que trabalha na loja no número 52, onde o homem morreu.

"Nunca o tinha visto por aqui antes. Foi uma coisa desumana , mas esse é o prefeito que temos".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários