Tamanho do texto

Caso aconteceu em shopping na cidade de Contagem, em Minas Gerais; funcionário teve contrato rescindido após mãe fazer denúncia no Facebook

Menina sentada no colo do Papai Noel arrow-options
Reprodução
Homem fantasiado não queria deixar menina de 10 anos sair do colo dele

Um Papai Noel que trabalhava em um shopping na cidade de Contagem , em Minas Gerais , foi demitido nesta quarta-feira (11) após parecer excitado enquanto tirava fotos com uma menina de 10 anos que estava sentada em seu colo. O homem teve seu contrato rescindido após a mãe da garota fazer uma denúncia nas redes sociais.

Em seu perfil no Facebook, a mãe disse que a filha pediu para tirar a foto com o Papai Noel e, depois, o homem não deixava que a menina saísse de seu colo. "Ele ficava a segurar a menina e não queria soltar. Ele ficava virando ela de uma perna para para outra até que eu puxei ela", escreveu a mãe.

Apesar do relato da mãe, a Polícia Civil informou que não foi feito nenhum registro contra o homem porque não há prova de má conduta por parte dele. Ele também não foi localizado para comentar a denúncia.

Leia também: Professora é demitida após falar para crianças que Papai Noel não existe

O shopping informou que contratou uma empresa especializada para que esta fornecesse um personagem 'Papai Noel' para o período natalino. "Tomando conhecimento da denúncia, o Big Shopping proibiu a continuidade dos serviços contratados do referido 'Papai Noel'. Na oportunidade lamenta o episódio, e informa que as comemorações de Natal no Big Shopping prosseguem normalmente", diz a nota do estabelecimento.

Segundo a assessoria de imprensa do estabelecimento, essa foi a primeira vez que o homem prestava serviço a eles porque o profissional que estava acostumado a atuar nesse período teve problemas de saúde neste ano. Quanto à empresa terceirizada, o shopping não quis divulgar o nome, mas informou que ela também foi contratada pela primeira vez.