Tamanho do texto

Acusado revelou que cometia o crime quando ficava sozinho com a menina

Delegacia arrow-options
Reprodução/Google Maps
Homem foi preso preso por policiais da delegacia de Posse, no Rio de Janeiro

Policiais civis da 58ª DP (Posse) prenderam, nesta segunda-feira (2), um homem suspeito de estuprar a própria filha de 10 anos, em Nova Iguaçu, no estado do Rio de Janeiro.

Leia também: Depoimentos de policiais que participaram de ação em Paraisópolis divergem

De acordo com o delegado Gustavo de Mello Castro, o homem, que é padeiro , cometeu o crime pelo menos duas vezes, na casa da vítima.

"Ele confessou o crime e disse que o praticava quando ficava sozinho com a menina ", relata o titular da 58ª DP, dizendo que a denúncia do estupro foi feita pelos familiares em julho do ano passado, mas o mandado de prisão contra ele só foi expedido pela Justiça no último dia 29.

O homem foi preso na padaria que trabalha, no bairro de Miguel Couto. O mandado contra ele foi de prisão preventiva e foi da 2ª Vara Criminal de Nova Iguaçu.

O padeiro , que tem outra filha, vai responder pelo crime de estupro de vulnerável. Se for condenado, pode ser pegar de 8 a 15 anos de prisão.

Leia também: Base de Bolsonaro fica dividida com possibilidade de Moro ser vice em 2022