Tamanho do texto

De acordo com o documento assinado por Sergio Moro, a Força-Tarefa exercerá atividades e serviços de guarda, vigilância e custódia de presos

Agência Brasil

ftip roraima arrow-options
FTIP/Divulgação
Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária ficará em Roraima por mais 60 dias

A Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária permanecerá por mais 60 dias no estado de Roraima. A portaria do Ministério da Justiça e Segurança Pública com a autorização, em caráter excepcional e a contar de 30 de novembro deste ano até 28 de janeiro de 2020, está publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (3).

Leia também: Lentidão é citada em estudo como maior razão para não buscar Justiça

De acordo com o documento, assinado pelo ministro Sergio Moro, a Força-Tarefa exercerá atividades e serviços de guarda, vigilância e custódia de presos, em caráter episódico e planejado, em apoio ao governo do estado. As ações terão ajuda logística e a supervisão dos órgãos de administração penitenciária e segurança pública de Roraima .

Leia também: Incêndio destrói 40 casas na comunidade de São Vicente, em São Paulo; veja

“O número de profissionais a ser disponibilizado pelo ministério, que será gradativamente reduzido, obedecerá ao planejamento definido pelos entes envolvidos na operação”, estabelece ainda a portaria. A Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária está no estado de Roraima desde 22 de novembro de 2018.