As investigações começaram em abril deste ano
Pixabay
As investigações começaram em abril deste ano

Um homem foi preso em flagrante na cidade de Guaçuí, no Espirito Santo, em uma operação da Policia Federal que combate a divulgação de pornografia infantil na internet. Na casa do detido, a polícia apreendeu um celular e disco rígido de computador com imagens de adolescentes e crianças em cenas de sexo e nudez.

Leia mais: Jovem de 22 anos sofre estupro coletivo e descobre por vídeo na internet

De acordo com a PF, as investigações existem desde abril deste ano, a partir da Unidade de Repreensão a Crimes de Odio e Pornografia Infantil (URCOP) que identificou o compartilhamento de arquivos com conteúdo pornográfico envolvendo crianças.

A princípio, o homem deve responder pelo crime tipificado no artigo 241-B, cuja pena poderá chegar à quatro anos de reclusão. Caso as investigações levem a outros crimes, como estupro de vulnerável , o tempo de reclusão pode aumentar.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários