Tamanho do texto

Animal foi encontrado próximo ao Morro do Mar Casado. Apesar do tamanho, espécie é dócil e não oferece perigo aos seres humanos

Hardcore

Tubarão 150 kg arrow-options
Hardcore
Animal foi encontrado na Praia do Mar Casado.

Um grupo de pescadores residentes do Guarujá , litoral de São Paulo, capturou por engano um enorme tubarão da espécie Mangona neste último domingo (17). Segundo alguns banhistas, o animal já chegou a areia da praia praticamente morto. O espécime pesava cerca de 150 kg e foi pego pelas redes próximo ao Morro do Mar Casado.

Leia também: Óleo chega a 643 áreas em 116 municípios do Nordeste e do Sudeste

Os pescadores contaram em entrevista que foram surpreendidos ao levantarem a rede e puxarem o tubarão junto. De acordo com os homens, o Mangona já estava muito debilitado e com dificuldades para respirar.

Chegando na praia, por volta das 20h30, o grupo foi até a casa de um dos pescadores, onde houve a divisão da carne do animal.

Segundo especialistas, o tubarão-Mangona pode pesar até 200 quilos e medir até 4 metros. A espécie é comum no litoral de São Paulo e habita principalmente águas rasas. O biólogo Eric Comin explica que, mesmo aparentando ser um predador cruel, com dentes pontiagudos expostos, a espécie é majoritariamente inofensiva: “ele é um peixe extremamente inofensivo para o ser humano. É um animal que se alimenta de pequenos peixes, crustáceos e moluscos. É muito dócil e não oferece perigo nenhum ao ser humano”, explicou.

Leia também: Colégio adventista é acusado de aplicar prova com conteúdo homofóbico

Sobre o exemplar capturado pelos pescadores, Comin faz um alerta: “”A alimentação do tubarão acaba contaminando ele com mercúrio e a ingestão da carne do animal pode contaminar o ser humano também. Esse mercúrio pode atuar no sistema nervoso central e causar problemas”, ressalta.