João Doria governador São Paulo
Divulgação
"São Paulo não vai perder tempo. Já temos uma proposta”, afirma Doria

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) afirmou, nesta terça-feira (5) em entrevista à rádio Jovem Pan , que entregará até a próxima sexta-feira (9) a reforma da Previdência do estado para a Assembleia Legislativa de São Paulo ( Alesp ), que irá votá-la.

Leia também: Maioria do Senado diz ser a favor da prisão após condenação em segunda instância

Doria explica que preferia que a reforma nos estados e municípios ocorresse nacionalmente, por meio da PEC Paralela da Previdência que precisa ser votada pelo Congresso Nacional e pela Câmara dos Deputados. “Tornaria mais completa a reforma, que já é boa”, disse.

“Mas não vamos ficar aguardado, São Paulo não vai perder tempo. Já temos uma proposta”, afirmou Doria, levando em conta o tempo que a PEC levaria para ser aprovada nas duas casas.

Doria acredita que a reforma estadua l será aprovada pela Alesp, e aproveitou o momento ­– em que precisa do apoio do órgão para a aprovação do projeto - para elogiá-la. “A Alesp funciona bem, é bem representada e muito ativa. Tenho confiança que será aprovado”, ressaltou o tucano.

O governador, no entanto, disse não ter dúvidas de que ocorrerá debate. “O ativismo e a defesa de interesses particularizados fazem parte da vida democrática”, ressaltou. Ele acredita que ocorrerão protestos e posições contrárias de sindicalistas e ativistas, mas isso não abala sua fé de que a reforma irá passar.

Leia também: Maioria do Senado diz ser a favor da prisão após condenação em segunda instância

Doria explica ainda que a oposição defende um estado grande, enquanto ele defende que a atuação do governo seja menor e mais privada. Para ele, isso fará que ocorra um bom debate.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários