fachada de hospital
Google Street View
Caso foi registrado no Hospital Regional de Guanambi

Duas mulheres foram presas pela polícia na cidade de Guanambi, no interior da Bahia , após desligarem os aparelhos que mantinham o irmão delas vivo em um hospital da cidade. Almiro Pereira Alves, de 43 anos, estava internado em estado grave e morreu após interferência de ambas.

Segundo a Polícia Civil, as mulheres foram detidas ainda na instituição de saúde e confessaram o crime alegando que tinham recebido uma mensagem de Deus para desligar os aparelhos após uma oração.

Leia também: Pai de bebê incinerado por engano quer saber quem é responsável pelo erro

Um terceiro irmão que também estava no hospital foi preso, mas solto após não ser relacionado ao crime. As mulheres foram detidas e estão à disposição da justiça. A polícia procura, ainda, um suposto pastor de igreja evangélica que teria feito a oração com a dupla.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários