PM agrediu mulher após ser chamado de 'palhaço'
Reprodução/TV Globo
PM agrediu mulher após ser chamado de 'palhaço'

Um policial militar foi flagrado por câmeras de segurança agredindo a mulher após uma festa em um condomínio no Centro de Campos, no Norte Fluminense. O motivo dos socos e chutes na companheira seria por ela ter chamado o PM de 'palhaço'.

Leia também: Menino de 4 anos morre ao ser esfaqueado 13 vezes pelo padrasto

O crime, ocorrido no último sábado, foi divulgado pela Inter TV, jornal local de Campos da TV Globo. O DIA procurou a PM , que confirmou o caso. Segundo a reportagem, as agressões começaram após o policial pedir à enteada para pegar uma vassoura em casa para limpar o salão de festas. Nesse momento, a mulher falou para ele 'largar de ser palhaço', pois era obrigação do condomínio fornecer material para a limpeza.

O sargento da PM, lotado no 8º BPM (Campos), ficou ofendido e jogou a mulher no chão, desferindo vários socos e a segurando pelo pescoço. A filha do casal presencia toda a agressão. Instantes depois, a mulher vai na direção dele e bate em suas costas.

O oficial joga diversas vezes a cabeça da vítima na vidraça do salão. Após o crime, a mulher procurou a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Campos. Ela realizou corpo de delito e depois foi encaminhada para um hospital da região. A mulher ficou com fortes dores da cabeça e hematomas nos braços, costas, pernas e com o rosto inchado, segundo reportagem da TV Globo .

Leia também: Menina de 10 anos cai do nono andar de prédio em Belo Horizonte

Em nota, a Secretaria de Estado de Polícia Militar disse que o sargento se apresentou nesta segunda-feira com um atestado psiquiátrico e foi ouvido pelo comandante. "Está previsto para que nesta terça-feira o policial seja conduzido à DEAM para depor e uma medida protetiva deve ser aplicada ao agente. Um procedimento apuratório foi instaurado e a arma dele foi acautelada", diz o texto.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários