Tamanho do texto

Caso foi classificado como homicídio culposo. Investigações também tentam esclarecer se caminhão pertencia a alguma empresa ou era particular

carros destroçados arrow-options
PRF/Divulgação
Os dois veículos ficaram totalmente destruídos com o impacto da batida


O grave acidente que deixou seis mortos na Rodovia Presidente Dutra, na tarde deste sábado, foi classificado, neste domingo, como homicídio culposo na direção de veículo automotor. De acordo com a 89ª DP (Resende), a punibilidade será extinta por conta da morte do autor.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, por volta das 13h40 de sábado, um cavalo de carreta atravessou a pista e bateu em um carro no Km 293 em Resende, que seguia no sentido Rio. O motorista da carreta e os ocupantes do carro morreram.

As vítimas são: Anderson Marcelo, que era o motorista do caminhão, Rosilene Dias Cornélio Meier, Felipe Dias da Silva, Simone da Silva Villaça, a bebê Alice da Silva Villaça Dias e Max Meier.

A perícia já foi feita. Também foi coletado sangue do corpo de Anderson Marcelo para verificar se o caminhoneiro estava sob influência de álcool. Diligências estão sendo realizadas para apurar se o caminhão pertencia à alguma empresa ou era particular.