Tamanho do texto

Caso aconteceu na última terça-feira (8) na cidade de Capão do Leão, no Rio Grande do Sul. Mulher foi diagnosticada com a doença há seis anos

Casal de idosos arrow-options
Reprodução/Facebook
Caso aconteceu na cidade de Capão do Leão, no Rio Grande do Sul.

Um longo casamento de 67 anos chegou ao fim na última terça-feira (8) quando um idoso de 89 anos matou a própria esposa, que havia sido diagnosticada com Alzheimer há seis anos. Após assassinar a companheira, o senhor cometeu suicídio, na cidade de Capão do Leão, no Rio Grande do Sul.

Leia também: Milicianos já se unem a traficantes em 180 locais do Rio de Janeiro 

Após matar a esposa, o senhor ligou para um dos dois filhos do casal e disse que pretendia tirar a própria vida. Depois de ver sua companheira sendo diagnosticada com Alzheimer, o idoso desenvolveu uma depressão por conta da doença.