Homem de costas
Polícia Civil do Rio Grande Sul/Divulgação
professor foi preso de forma preventiva após suposta ameaça a familiares de aluna

Um professor de matemática de 58 anos foi preso por suspeita de estuprar 20 alunas de uma escola da cidade de David Canabarro, no interior do Rio Grande do Sul. Segundo a polícia, as investigações em torno do crime foram iniciadas no mês de março, mas estavam em sigilo.

Após alguns meses de investigação, uma suposta ameaça do professor a familiares de uma das vítimas fez a polícia prendê-lo de forma preventiva. 

Leia também: Preso por estupro deixa prisão em regime semiaberto e estupra menina de 15 anos

Segundo a polícia, o suspeito disse que era inocente e que as adolescentes estavam inventando histórias. As meninas, por sua vez, alegam que ele passava a mão nelas durante o período de aulas. Há relatos de abusos desde o ano de 2012. 

Ele foi encaminhado ao Presídio Estadual de Guaporé e deve responder por estupro e também por estupro de vulnerável. A Secretaria de Educação do Rio Grande do Sul informou que acompanha o caso e afirmou que o profissional está de licença-saúde desde o mês de março.

    Veja Também

      Mostrar mais