Tamanho do texto

Segundo a direção da unidade, o fogo teria sido provocado por um curto circuito no gerador de um dos prédios; macas foram colocadas na rua

incêndio atingir o Hospital Badim arrow-options
Celso Pupo/Fotoarena/Agência O Globo
Macas foram montadas no meio da rua após incêndio atingir o Hospital Badim, na Tijuca

Um incêndio atingiu o Hospital Badim , na Tijuca, Zona Norte do Rio, nesta quinta-feira (12). Segundo a direção da unidade hospitalar, o fogo, a princípio, teria sido provocado por um curto circuito no gerador de um dos prédios. Por conta das chamas, funcionários retiraram os pacientes do local às pressas e os colocaram nas calçadas, onde receberam atendimento. Uma pessoa não resistiu e morreu. A ação conta com o apoio do Corpo de Bombeiros, que foram acionados por volta das 18h.

Leia também: Em pleno inverno, Rio de Janeiro registrou temperatura de 41,6º C

Segundo os bombeiros, as chamas dentro do hospital já haviam sido apagadas por volta das 19h45m. No entanto, ainda havia muita fumaça, com cheiro forte, saindo da unidade de saúde. Funcionários usam máscaras nos rostos para se proteger. 

Os pacientes estão sendo atendidos na calçadas das ruas São Francisco Xavier e Artur Menezes. Três bases de atendimento foram improvisados em imóveis próximos ao local; entre eles, uma creche e a garagem de um prédio.

Leia também: Adolescente amarrado é resgatado antes de ser torturado com bastão

A ala do hospital atingida seria nova. A Polícia Militar interditou as proximidades do hospital. Ambulâncias de hospital particulares e públicos fazem o transporte dos pacientes.

"Toda a direção do Hospital Badim está empenhada em prestar os devidos socorros necessários aos pacientes, que serão transferidos para o Hospital Israelita Albert Sabin e para os hospitais da Rede D'Or, do qual o Badim é associado.", consta do comunicado emitido pela direção do hospital.

Incêndio atingiu o Hospital Badim arrow-options
Reprodução
Incêndio atingiu o Hospital Badim, no bairro da Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro

De acordo com o Centro de Operação, a Rua São Francisco Xavier está totalmente interditada entre a Avenida Professor Manuel de Abreu e a Rua Isidro de Figueiredo. Segundo o COR, o trânsito está sendo desviado pela pista sentido Radial Oeste da Avenida Professor Manuel de Abreu. Equipes dos Bombeiros, da Polícia Militar e da CET-Rio estão no local.

Leia também: Deputado do PSL oferece R$ 10 mil a quem matar suspeito por assassinato

De acordo com os bombeiros, três quarteis atuam no combate às chamas: Central, Tijuca e Vila Isabel. Pacientes e funcionários foram retirados do hospital . Colchões foram colocados próximo ao prédio para atendimento, como mostram as imagens do incêndio que circulam nas redes sociais.