vítima
Reprodução
Rosália Maia foi assassinada na última segunda-feira

Uma mulher acabou assassinada na última segunda-feira (26) no município de Brejo do Cruz, no sertão da Paraíba, após chamar homens de "cornos" no aplicativo de mensagens Whatsapp. 

Leia também: Homem pede lanche e usa faca para ameaçar e estuprar atendente em rodoviária

Rosália Maia tinha 32 anos e foi morta quando voltava para casa em uma moto. A polícia desconfia que ela foi vítima de algum homem que se sentiu ofendido, já que tinha prática de enviar áudios para grupos de WhatsApp chamando-os de corno.

Numa dessas mensagens, Rosália diz aos homens envolvidos nos grupos que estavam sendo traídos por suas esposas e ainda relata detalhes do suposto caso amoroso. Ninguém foi preso pelo crime ainda, mas a principal hipótese é a de vingança, já que ela acabou ganhando inimigos por causa dos áudios.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários