Tamanho do texto

Responsável pelo assassinato da filha Isabella, Alexandre estava em regime semiaberto desde abril, mas teve caso revisto após recurso do Ministério Público

Alexandre Nardoni arrow-options
Reprodução
Alexandre Nardoni voltou para o regime fechado após recurso do Ministério Público


O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou que Alexandre Nardoni retorne imediatamente para a Penintenciária 2 de Tremembé, onde cumpre pena pelo assassinato da filha Isabella Nardoni em março de 2008. O detento perdeu o benefício do regime semiaberto após o Tribunal acatar o recurso do Ministério Público, que pediu que fosse realizado o teste de Rorschach.

Leia também: Dia dos Pais: Alexandre Nardoni, preso por matar filha, deixa cadeia em saidinha

No exame, se constata se o detento possui traços e elementos de personalidade que ainda apresente riscos à sociedade. Após o teste, ficou constatado que Alexandre Nardoni ainda não está apto a deixar a prisão.

Nardoni  teria que retornar ao P2 de Tremmebé na quarta-feira (14), beneficiado pela "saidinha" dos Dia dos Pais, que começou na última sexta-feira (9). A ação é concedida a todos os detentos em regime semiaberto, caso dele até a decisão desta terça-feira (13).