Tamanho do texto

Empresa responsável pela peça publicitária afirma que já solicitou a limpeza

homofobia arrow-options
Reprodução/O Dia
Foto foi pichada com símbolo nazista

Uma campanha de diversidade, em que um casal gay aparece sorrindo em um anúncio da rede Amil, foi pichada com uma suástica, em um ponto de ônibus, na Penha Circular, na Zona Norte do Rio de Janeiro. A foto da peça publicitária vandalizada foi tirada por um fotógrafo da revista Rio Gay Life .

Leia também: Dia dos Pais: Alexandre Nardoni, preso por matar filha, deixa cadeia em saidinha

A Amil afirmou que a empresa já solicitou a limpeza do local para retirar a pichação da peça. Em nota oficial, a empresa afirmou que reflete em sua comunicação o valor da diversidade e isso inclui as diferentes orientações sexuais. Destacou ainda que a representatividade faz parte do objetivo da rede em criar relações mais saudáveis com todos os clientes.

O responsável pela Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual (CEDS Rio), Nélio Georgini, informou que declara total apoio à campanha de diversidade da Amil e, rechaça, os ataques de ódio à peça publicitária. A pasta frisou ainda que: “O holocausto foi um dos períodos mais sombrios da história da humanidade, e só deve ser lembrado com indignação e repulsa pela perseguição aos homossexuais, negros, judeus, ciganos, e todas as minorias que não fossem consideradas "raça pura", disse.