Tamanho do texto

Rapaz, que já tinha cumprido pena por furto, foi detido e deve responder por crime de utilizar farda militar sem permissão, com até 6 meses de detenção

Rapaz disfarçou tornozeleira com farda da polícia militar ambiental arrow-options
Polícia Militar Ambiental/Divulgação
Rapaz disfarçou tornozeleira com farda da polícia militar ambiental

A Polícia Civil do Mato Grosso do Sul autuou um homem de 47 anos que tentava camuflar uma tornozeleira eletrônica com uma farda da Polícia Militar Ambiental. O caso ocorreu na cidade de Miranda, interior do estado. 

O rapaz, que não teve identidade revelada, foi denunciado por moradores da cidade de pouco mais de 20 mil habitantes. Quando foi abordado pelos policiais, ele mostrou a tornozeleira e confessou que estava usando a farda dada por outra pessoa, que não era policial. 

Leia também: Vaidoso? Criminoso não gosta de foto divulgada pela polícia e sugere outra 

Com a confissão, o suspeito, que tem diversos antecedentes criminais, responderá pelo crime de utilizar indevidamente uniforme militar. A pena pode chegar a até seis meses de detenção