Tamanho do texto

Na semana passada, Bolsonaro atacou Felipe Santa Cruz ao dizer que o pai dele foi morto por militantes de esquerda

Felipe Santa Cruz, presidente da OAB arrow-options
Reprodução/OAB
Felipe Santa Cruz, presidente da OAB, perde contrato com a Petrobras


A Petrobras cancelou nesta terça-feira (6) o contrato que tinha com o escritório de advocacia do presidente da OAB, Felipe Santa Cruz. O comunicado foi feito por carta. A assessoria de Santa Cruz não informou o motivo da rescisão do contrato, nem o valor.

Leia também: Presidente da OAB não vê quebra de decoro em declarações de Bolsonaro

 O escritório atuava em causas trabalhistas da estatal. O presidente da OAB avalia entrar com uma ação de reparação de danos contra a Petrobras. A estatal não quis comentar o caso.

Na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro declarou que Fernando Santa Cruz, pai do presidente da OAB, foi morto por militantes de esquerda. Fernando desapareceu durante a ditadura militar e teve a morte atribuída ao Estado brasileiro pela Comissão da Verdade.

Depois da declaração de Bolsonaro, o presidente da OAB  foi ao Supremo Tribunal Federal (STF) para pedir esclarecimentos de Bolsonaro. O presidente tem duas semanas para explicar sua afirmação, se quiser.