Tamanho do texto

No massacre, morreram 58 pessoas, provisórios, 26 condenados e 7 que tinham condenação e processos que não ainda não haviam sido julgados

26 dos 62 presos mortos no presídio de Altamira , no Pará, nesta semana ainda estavam aguardando julgamento. No massacre da última segunda-feira (29), morreram 58 presos, entre eles, 25 provisórios, 26 condenados e 7 que tinham condenação e também tinham processos nos quais não haviam sido julgados.

Leia também: 18 presos transferidos de presídio em Altamira após massacre chegam a Belém

Parte dos presos mortos no Pará ainda aguardavam julgamento arrow-options
Divulgação/Susipe-PA
Parte dos presos mortos no Pará ainda aguardavam julgamento


Na última quarta-feira (31), mais quatro presos foram mortos durante uma transferência. Um rapaz provisório, um condenado e dois que tinham condenação e ao mesmo tempo, não tinham sido julgados em outros casos.

Leia também: Banho de sangue da guerra entre facções no Pará vai além dos muros das cadeias

A idade dos 62 mortos varia entre 18 e 52 anos e a maioria deles respondia por crimes de tráfico de drogas, homicídio e associação criminosa. Entre os mortos, 50 são do Pará e 12 de fora.

Veja a lista com parte dos mortos no massacre:

Adriano Moreira de Lima
Bruno Whesley de Assis Lima
Carlos Reis Araujo
Deiwson Mendes Correa
Deusivan da Silva Soares
Efrain Mota Ferreira
Eliesioda Silva Sousa
Ismael Souza Veiga
Jelvane de Sousa Lima
João Pedro Pereira dos Santos
Josivan Irineu Gomes
Nathan Nael Furtado
Natanael Silva do Nascimento
Rivaldo Lobo dos Santos
Evair Oliveira Brito
Gilmar Pereira de Sousa
Admilson Bezerra dos Santos
Ailton Saraiva Paixão
Alan Kart G. Rodrigues
Alan Patrick dos Santos Pereira
Alessandro Silva Lima
Amilton Oliveira Camera
Anderson dos Santos Oliveira
Anderson Nascimento Sousa
André Carlos Sousa Patrício
Bruno Rogério Andrade
Cleomar Silva Henrique
Clevacio Soares Queiroz
Diego Aguiar Figueiredo
Diego Walison Sousa Reis
Diogo Xavier da Silva
Domingos Fernandes Castro da Silva
Douglas Gonçalves Viana
Edson Costa de Macedo
Delimarques Teixeira Pontes
Francisco Claudizio da Silva Ferreira
Geidson da Silva Monteiro
Hugo Vinicius Carvalho
itamar Anselmo Pinheiro
Jeová Assunção da Silva
João Nilson Felicidade Farias
José Brandão Barbosa Filho
José Francisco Gomes Filho
Josivan Jesus Lima
Josicley Barth Portugal
Josué Ferreira da Silva
Junior da Silva Santos
Kawe Reis Barbosa
Lleonardo Dias Oliveira
Luilson da Silva Sena
Marcos Saboia de Lima
Renan da Silva Souza
Rogerio Pereira de Souza
Sandro Alves Gonçalves
Valdecio Santos Viana
Vanildo de Souza Guedes
Wesley Marques Bezerra

O confronto entre facções criminosas deixou 58 mortos no presídio de Altamira na última segunda-feira (29). Líderes do comando classe A (CCA) incendiaram a cela onde estavam membros do Comando Vermelho (CV). De acordo com o Susipe, Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará, 41 pessoas morreram asfixiados e 16 foram decapitados.