Tamanho do texto

57 detentos foram assassinados durante um confronto entre facções rivais

Altamira arrow-options
Reprodução
Rebelião no presídio de Altamira, no Pará, deixou ao 57 mortos

O governo do Pará divulgou nesta terça-feira a lista dos mortos do massacre no presídio de Altamira , no Sudoeste do estado, o maior desde a chacina no Carandiru . Na véspera, 57 detentos foram assassinados durante um confronto entre facções rivais — 16 deles, decapitados. Parte dos corpos foi removida do local da chacina e levada de caminhão frigorífico ao Instituto Médico Legal (IML) da capital Belém.

Leia também: Após rebelião, CNJ pede informações sobre presídio em Altamira

De acordo com a Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe), presos do bloco A, de uma mesma facção criminosa, invadiram o anexo do presídio, onde vivem custodiados membros de um grupo rival. Uma disputa de poder entre essas organizações de criminosos provocou a rebelião. O motim durou cerca de cinco horas e fez reféns dois agentes penitenciários, liberados após negociação com o juizado de Altamira , o Ministério Público e a Polícia Civil.

Durante a briga, líderes de uma facção colocaram fogo em uma cela onde ficavam integrantes do outro grupo. A unidade havia sido construída "de maneira adaptada", a partir de um contâiner, com alvenaria, o que fez as chamas se alastrarem com rapidez. Muitos dos internos morreram por asfixia, em contato com a fumaça tóxica do incêndio. Nem todos os corpos puderam ser removidos do local, em primeiro momento, dadas as altas temperaturas do contâiner.

Leia também: Sobe para 57 o número de mortos em presídio de Altamira, no Pará

Ainda nesta segunda-feira, o governador do Pará , Helder Barbalho, acertou com o ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, que os líderes do massacre sejam transferidos para presídios federais. Dez vagas foram abertas para receber estes criminosos, segundo a Susipe. O Centro de Recuperação Regional de Altamira abrigava 311 presos.

  • Adriano Moreira de Lima
  • Bruno Whesley de Assis Lima
  • Carlos Reis Araujo
  • Deiwson Mendes Correa
  • Deusivan da Silva Soares
  • Efrain Mota Ferreira
  • Eliesioda Silva Sousa
  • Ismael Souza Veiga
  • Jelvane de Sousa Lima
  • João Pedro Pereira dos Santos
  • Josivan Irineu Gomes
  • Nathan Nael Furtado
  • Natanael Silva do Nascimento
  • Rivaldo Lobo dos Santos
  • Evair Oliveira Brito
  • Gilmar Pereira de Sousa
  • Admilson Bezerra dos Santos
  • Ailton Saraiva Paixão
  • Alan Kart G. Rodrigues
  • Alan Patrick dos Santos Pereira
  • lessandro Silva Lima
  • Amilton Oliveira Camera
  • Anderson dos Santos Oliveira
  • Anderson Nascimento Sousa
  • André Carlos Sousa Patrício
  • Bruno Rogério Andrade
  • Cleomar Silva Henrique
  • Clevacio Soares Queiroz
  • Diego Aguiar Figueiredo
  • Diego Walison Sousa Reis
  • Diogo Xavier da Silva
  • Domingos Fernandes Castro da Silva
  • Douglas Gonçalves Viana
  • Edson Costa de Macedo
  • Delimarques Teixeira Pontes
  • Francisco Claudizio da Silva Ferreira
  • Geidson da Silva Monteiro
  • Hugo Vinicius Carvalho
  • itamar Anselmo Pinheiro
  • Jeová Assunção da Silva
  • João Nilson Felicidade Farias
  • José Brandão Barbosa Filho
  • José Francisco Gomes Filho
  • Josivan Jesus Lima
  • Josicley Barth Portugal
  • osué Ferreira da Silva
  • Junior da Silva Santos
  • Kawe Reis Barbosa
  • Lleonardo Dias Oliveira
  • Luilson da Silva Sena
  • Marcos Saboia de Lima
  • Renan da Silva Souza
  • Rogerio Pereira de Souza
  • Sandro Alves Gonçalves
  • Valdecio Santos Viana
  • Vanildo de Souza Guedes
  • Wesley Marques Bezerra