Tamanho do texto

Homem chutou mala do camburão até depenar carro no Distrito Federal. Bombeiros precisaram utilizar equipamento hidráulico para liberar homem

Homem ficou preso em camburão após dar chutes consecutivos de dentro da mala do carro arrow-options
POLÍCIA MILITAR / DIVULGAÇÃO
Homem ficou preso em camburão após dar chutes consecutivos de dentro da mala do carro

Após ser preso por violência doméstica, um homem de 24 anos deu trabalho à Polícia Militar do Distrito Federal no último domingo (28). Rosival Batista da Silva reagiu de forma tão intensa à prisão que conseguiu depenar a mala do camburão, carro utilizado para levá-lo até a delegacia.

Para que o rapaz fosse retirado do camburão , foi necessário que policiais chamassem o Corpo de Bombeiros , que precisaram de um equipamento hidráulico para arrombar o veículo. 

Leia também: Pelados, bêbados e azarados: relembre as notícias bizarras de 2018 

Imagens da ação dos bombeiros para “liberar” o rapaz do carro foram registradas e divulgadas pelos PMs. 

Além de ser autuado pela Lei Maria da Penha e por injúria, desacato e desobediência (já que disse aos policiais que eles não eram "homens suficientes" para prendê-lo), o rapaz foi autuado por dano ao bem público.