Homem ficou preso em camburão após dar chutes consecutivos de dentro da mala do carro
POLÍCIA MILITAR / DIVULGAÇÃO
Homem ficou preso em camburão após dar chutes consecutivos de dentro da mala do carro

Após ser preso por violência doméstica, um homem de 24 anos deu trabalho à Polícia Militar do Distrito Federal no último domingo (28). Rosival Batista da Silva reagiu de forma tão intensa à prisão que conseguiu depenar a mala do camburão, carro utilizado para levá-lo até a delegacia.

Para que o rapaz fosse retirado do camburão , foi necessário que policiais chamassem o Corpo de Bombeiros , que precisaram de um equipamento hidráulico para arrombar o veículo. 

Leia também: Pelados, bêbados e azarados: relembre as notícias bizarras de 2018 

Imagens da ação dos bombeiros para “liberar” o rapaz do carro foram registradas e divulgadas pelos PMs. 

Além de ser autuado pela Lei Maria da Penha e por injúria, desacato e desobediência (já que disse aos policiais que eles não eram "homens suficientes" para prendê-lo), o rapaz foi autuado por dano ao bem público. 


    Veja Também

      Mostrar mais