Tamanho do texto

Crime aconteceu no dia 13 de julho. A vítima diz que foi dopada e que só tomou conhecimento do crime após uma amiga alerta-lá sobre um vídeo que estava circulando na internet

IstoÉ

154ª DP do Rio arrow-options
Reprodução
O caso foi registrado no 154ª DP.

Uma jovem de 22 anos foi estuprada por três homens em uma festa em Cantagalo, cidade da região serrana do Rio de Janeiro, no dia 13 de julho. Ela alega que foi dopada e só soube do crime após uma amiga alertar sobre um vídeo do caso circular na internet. As informações são do UOL.

Leia também: Advogada de um dos filhos de Flordelis se desliga do caso sobre morte de pastor

A vítima é moradora de Cordeiro e diz que foi dopada por um conhecido durante uma festa. A advogada dela afirma que a jovem bebeu um copo de cerveja servido e, na sequência, passou mal.

“Durante a festa, ela se aproximou para cumprimentar um colega e acabou aceitando um copo de cerveja de um segundo conhecido. Depois disso, ela começou a passar muito mal. Não conseguia ficar em pé, parecia embriaguez, mas não era. Eles ofereceram carona e, no veículo, já estava o terceiro envolvido”, disse Valéria Melo, advogada da jovem.

A vítima soube, dias depois, alertada por uma amiga, sobre o ocorrido. “Ficou bem mal, entrou em desespero. Falou em se matar e, em seguida, registrou o caso na delegacia”, completou. Um dos envolvidos no caso já prestou depoimento. A Polícia Civil do Rio informou que o caso foi registrado como estupro coletivo e divulgação de cena de estupro.