Tamanho do texto

Menino de 8 anos e irmã de 13 anos foram encontradas em estação de São Paulo com a arma do pai, a fim de pedir ajuda após a mãe ter sido agredida

estação arrow-options
Reprodução/Flickr
Crianças foram encontradas na estação Palmeiras/Barra Funda, após terem passado a noite no local

Duas crianças foram flagradas com um revólver calibre 38, sem munição, na estação Palmeiras-Barra Funda, da linha 3-Vermelha do Metrô de São Paulo, nessa segunda-feira (15). Segundo os policiais, a arma de fogo que estava com um menino de oito anos e sua irmã, de 13 anos, pertencia aos pais das crianças.

Leia também: Crianças são embaladas em sacos plásticos para atravessar rio rumo a escola

A Delegacia de Polícia do Metropolitano (Delpom) informou que as crianças pegaram a arma com medo de que o pai matasse a mãe, já que os dois teriam discutido, no último domingo (14), e o homem teria agredido a companheira com coronhadas.

Os menores ainda relataram à polícia que a intenção deles era ir até a casa dos avós maternos, que moram na zona oeste da capital, a fim de pedir ajuda, mas não conseguiram fazer a baldeação e acabaram passando a noite na estação Barra Funda .

Leia também: Ladrão é espancado e morto após roubar carro com três crianças dentro nos EUA

A investigação chegou à casa das crianças , na zona norte da cidade, mas o pai havia fugido e a mãe foi levada à delegacia para prestar depoimento, no qual afirmou sofrer agressões pelo marido de maneira rotineira. O jardineiro de 29 anos foi indiciado por porte ilegal de arma de fogo e por agressão, de acordo com a Lei Maria da Penha, e deve se apresentar à polícia.