Tamanho do texto

Caso aconteceu no aeroporto de Goiânia na noite desta segunda-feira; além das barras de ouro, os agentes da PF apreenderam um avião monomotor

Carga ouro
Divulgação/Polícia Federal
Avaliada em R$ 18 milhões, carga de ouro foi apreendida junto com avião

Na noite desta segunda-feira (10), agentes da Polícia Federal (PF) e da Polícia Militar prenderam um passegeiro no Aeroporto Santa Genoveva, em Goiânia, após constatar que ele carregava uma carga de 111 kg de ouro na bagagem, avaliada em R$ 18 milhões.

Segundo informações da PF, foi uma denúncia anônima de que um avião estaria fazendo transporte ilegal de ouro na capital goiana que deu início à operação. Desta forma, os agentes já estavam preparados quando a aeronave tocou o solo.

Leia também: Greve geral em São Paulo deve parar ônibus, metrôs e trens nesta sexta-feira

Além das barras de ouro , a aeronave monomotor que realizou a viagem também foi apreendida. O passageiro, apontado como dono da carga , foi autuado por crime ambiental e por usurpação de bem da União.

Agora, os próximos passos da investigação devem identificar quem é o verdadeiro dono da carga de ouro e do avião : o passageiro preso durante a operação ou uma outra pessoa.

Avião
DIVULGAÇÃO/ PF
Aeronave que realizou o transporte do ouro também foi apreendida pela PF