Tamanho do texto

Segundo UnB, tremor de magnitude 3.9 na escala Richter começou às 16h46 e pode ser sentido em um raio de 100 km do epicentro em Delfinópolis (MG)

tremor
Reprodução
De acordo com a UnB, o tremor começou às 16h46 e pode ser sentido em um raio de 100 km do epicentro

Um tremor de terra de magnitude 3.9 na escala Richter, com epicentro na cidade de Delfinópolis, em Minas Gerais, foi registrado pelo Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP) e o Laboratório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB) nesta segunda-feira (20).

Cidades no interior de Minas Gerais, como Passos, e no interior de São Paulo, como Franca, sentiram os efeitos. O terremoto também foi sentido em cidades mais distantes do epicentro , como Uberlândia e Jacuí, ambas em Minas Gerais. De acordo com a UnB, o tremor começou às 16h46 e pode ser sentido em um raio de 100 km do epicentro.

Leia também: Paraná registra dois terremotos na madrugada e moradores relatam susto na web

No site do Centro de Sismologia da USP, moradores de Minas Gerais e São Paulo deixaram depoimentos. "Estava com a cabeça encostada na parede. Senti um balanço e uma náusea leve. Olhei para o ventilador de teto desligado e vi que ele estava balançando. Moro no 5o andar e todas as janelas estavam fechadas (não havia corrente de ar)", afirmou Joel Pupin, da cidade de Assis.

Leia também: Terremoto de 5 graus na escala Richter atinge o norte da Venezuela

"Aconteceu em Franca, interior de São Paulo. Todos sentiram e me disseram que os movéis sairam do lugar em um prédio, mas aqui foi só uma balançada (a moça ao meu lado disse que foram duas). Senti a cadeira tremer", contou Heloísa de Ribeirao Corrente.   Delfinópolis , o centro do tremor, fica no sudoeste do estado, na região da Serra da Canastra, a 401 km da capital Belo Horizonte.