Tamanho do texto

Rapaz de 39 anos matou mulher e cunhado dois estrangulados e, logo em seguida, ligou para a Polícia Militar, em São Paulo, para se entregar; confira

Na noite da última sexta-feira (10), um desempregado de 39 anos matou a esposa e o cunhado estrangulados e, logo em seguida, ligou para a Polícia Militar para se entregar, em São Paulo.

Leia também: Prefeitura de São Paulo apreende mais de 100 carros de trasporte por aplicativo

Delegacia
Reprodução/Instagram
Desempregado mata mulher e cunhado


De acordo com a Polícia Civil, os três moravam na mesma casa, na zona leste da capital paulista. O desempregado e a  esposa teriam tido várias brigas nos últimos tempos porque o cunhado estava morando com eles devido a problemas de depressão.

Leia também:  Criança é baleada durante operação da PM na Zona Oeste do Rio

O cunhado foi o primeiro a morrer, por volta de 17h30. Depois disso, o assassino esperou a mulher chegar em casa do trabalho e a estrangulou também, deixando o corpo de ambos em uma cama. Em seguida, ele mesmo ligou para a polícia para se entregar.

Leia também: Câmeras flagram ataque à motorista que morreu baleada e atropelou três no Rio

O caso envolvendo o desempregado está registrado no 50º Distrito Policial, no Itaim Paulista, também da zona leste de São Paulo. A perícia técnica foi acionada para o local e o caso está sendo investigado.